mini_banner1-685x100 mini_banner2-685x100

Fertilizantes

MANDALA ORGÂNICOS: Conheça a história da familia que transformou o sitio em fonte de renda e ferramenta de conscientização ambiental.

13 de novembro de 2019

O prazer de plantar e colher, de cultivar e ver crescer, tem sido uma constante na família Mariane. Desde 2015, a jovem produtora de vídeos deixou de lado a área audiovisual para se dedicar, exclusivamente, ao sítio familiar e à produção orgânica.

A decisão, segundo ela, veio com o apoio do pai, seu Fred, que incentivado pela crescente demanda por orgânicos, apoiou a filha para o início da nova atividade. A aposta deu certo. O sítio, antes utilizado como área de lazer pela família, virou importante fonte de renda e ferramenta de orientação e conscientização.  Isso porque, na propriedade, além de serem cultivadas mais de uma dezena de variedades de hortaliças orgânicas, escolas, empresas, assim como a comunidade em geral, é convidada a visitar o espaço e conhecer o trabalho realizado no local.

“No “Mandala Day”, os visitantes podem tocar, sentir e entender o processo de produção orgânica. Parece simples, mas muitas pessoas ainda não viram de perto uma horta e não sabem como são alguns alimentos antes de chegar na feira ou no mercado”, explica Mariane.

A programação inicia cedinho com visita guiada nas hortas e contato com a natureza. Ao meio dia, almoço super saudável, com alimentos fresquinhos, cultivados no próprio sítio. Para as crianças, passeio de trenzinho com bióloga e educação ambiental, para os adultos trilha e plantio de árvores nativas. Por fim, os participantes circulam pela feira orgânica e são convidados para um delicioso café da tarde com alimentos orgânicos, é claro.

Quebra de paradigmas

Ao falar dos desafios da produção orgânica, a proprietária do sítio destaca a necessidade de quebrar paradigmas e de entender o sistema como um todo. Também destaca a dificuldade em encontrar profissionais com os conhecimentos do cultivo orgânico. “Lidar com a natureza é desafiador, é preciso entendê-la e respeitá-la. Outro desafio é encontrar mão de obra voltada à agricultura orgânica. Na grande maioria das vezes, as pessoas que têm experiência com plantar, adubar, colher, vieram do sistema convencional, então, normalmente, é preciso quebrar paradigmas”, conta.

Quem são os clientes?

Uma vez superados os desafios, Mariane conta que os resultados são promissores. “É muito mais que uma tendência, já é nosso presente. Atualmente existe uma grande demanda por produtos orgânicos. Estamos voltando a valorizar o que nossos avós faziam”, comenta.

Segundo ela, parte da produção é destinada ao cliente final, que pode fazer seu pedido pelo telefone ou Whatsapp. Além disso, uma grande quantidade da produção semanal é vendida a restaurantes.

A gente vem em um crescente. Iniciamos com hortas que tinham a metade do tamanho das atuais. Sem dúvida vamos crescer ainda mais e isso tudo é apaixonante, sobretudo porque a produção orgânica respeita o ciclo natural das coisas e, com isso, estamos ajudando uma cadeia toda. É um efeito global: o consumidor deixa de consumir veneno, o agricultor não vai estar em contato direto com produtos químicos, a produção não vai prejudicar os insetos ou poluir a água. Ou seja, não é só cuidar de si, é cuidar de todo o ambiente”, finaliza.

Parceria Innovabio.

A Mandala Orgânicos recebeu o time de consultores técnicos da INNOVABIO. Na ocasião foram feitas análises do solo a fim de identificar as características da biota e, assim, colaborar para uma nutrição natural e eficiente das plantas. O resultado não poderia ser diferente: folhas verdes, saborosas, saudáveis e orgânicas!